Afinal, o que é conteúdo épico?

É comum profissionais de comunicação e marketing mencionarem o termo “conteúdo épico” para se referir a um texto ou vídeo mais aprofundado, feito com qualidade. Tem mais ou menos o mesmo significado de “matéria especial” ou “reportagem especial” no jornalismo. A moda pegou primeiro na língua inglesa. Se você buscar no Google por “epic content” — assim mesmo, entre aspas —, vai notar que há cerca de 246 mil resultados para esse termo exato (dados de julho de 2018). Em português, são cerca de 4 mil.

Mas, afinal, o que é verdadeiramente o conteúdo épico?

Bem, o termo ganhou força depois da publicação do livro Epic Content Marketing, que já foi traduzido para o português com o título de Marketing de Conteúdo Épico. Segundo o livro, existem seis princípios de content marketing que fazem o conteúdo ser épico. Todos são relacionados de alguma forma à produção de conteúdo.

Para ser épico, o conteúdo deve:

  1. Satisfazer uma necessidade. Precisa ser útil de alguma forma para o cliente.
  2. Ser consistente, sendo publicado regularmente, no timing certo e pelo canal esperado pelo cliente.
  3. Ser humanizado, com linguagem direta e, preferencialmente, assinado por uma pessoa real, de carne e osso.
  4. Ter um ponto de vista, deixando clara a posição do autor em relação a um tema.
  5. Evitar a mentalidade “tudo pelas vendas”. Content marketing é sobre o que a empresa sabe, e não sobre o que ela vende.
  6. Ser o melhor do seu segmento, trazendo informações mais aprofundadas e confiáveis do que todos os demais concorrentes.

O livro é de autoria de Joe Pulizzi, principal nome do content marketing mundial. Ele é fundador do Content Marketing Institute e autor de quatro livros sobre o tema, todos best-sellers em negócios nos Estados Unidos.∞

Cassio Politi

Sobre o autor: Cassio Politi é fundador da Tracto. Implantou programas de content marketing em empresas do Brasil e em multionacionais. Autor do primeiro livro em língua portuguesa sobre content marketing, publicado em 2013, é o único sul-americano a compor o seleto júri do Content Marketing Awards. Desde 2016, é palestrante em eventos no Brasil e no Exterior, normalmente apresentando cases bem-sucedidos de seus clientes.