Cofundador de rede social Diaspora morre aos 22 anos nos Estados Unidos

Cofundador da rede social Diaspora, o russo Ilya Zhitomirskiy morreu no sábado (12/11), aos 22 anos, em San Francisco, nos Estados Unidos. Segundo a TV norte-americana CNN, ele teria cometido suicídio.

O Diaspora foi lançado em 2010 em Nova York como uma rede social que defendia a idéia de controlar as informações compartilhadas por seus usuários, princípio oposto ao do Facebook.

Zhitomirskiy e três amigos arrecadaram cerca de US$ 200 mil em doações para levar o projeto adiante. Entre os doadores, estava Mark Zuckerberg, fundador do Facebook.