90% das empresas dos EUA produzem conteúdo

Por Cassio Politi

Um estudo realizado em 2011 pelo Content Marketing Institute em parceria com o Marketing Profs aponta que nove em cada dez empresas dos Estados Unidos geram algum tipo de conteúdo.

Atualmente, Content Marketing já absorve 26% dos orçamentos do marketing das empresas norte-americanas. Dois terços delas pretendem aumentar ainda mais seus investimentos nessa modalidade nos próximos 12 meses.

O crescimento não se baseia em otimismo, mas em retorno. Uma pesquisa feita pelo IDG Connect North American IT concluiu que conteúdo digital responde por mais de 50% de contribuição na decisão de compra do consumidor.

Margem para melhorar
Apesar da conexão direta com as empresas por meio de conteúdo, os consumidores são críticos. A maior parte das reclamações diz respeito a textos longos e à promoção de produtos e serviços em conteúdo que parecia ser neutro. Os clientes esperam das marcas histórias que os divirtam ou, então, que transmitam algum tipo de conhecimento.

Clientes corporativos
As empresas B2B (business to business) que praticam Content Marketing adotam prioritariamente seis formas de comunicação com seus potenciais clientes:

  • 79% publicam matérias ou artigos;
  • 74% têm presença em redes sociais (exceto blog);
  • 65% têm blogs corporativos;
  • 63% têm newsletters;
  • 58% têm estudo de case;
  • 56% fazem eventos presenciais.