Quatro tipos de jornalista no Twitter. E uma lição: segmente ou morra.

O levantamento aponta que atuar de forma segmentada é a maneira pela qual jornalistas ganham relevância no Twitter. O topo da pirâmide é composto por astros da TV, que em alguns casos apresentam programas não-jornalísticos, ou personalidades do Jornalismo que se destacam em outras mídias. Juntos, eles representam menos de 1% dos jornalistas que tuítam. Não servem de parâmetro para a maioria.

A referência, portanto, é o grupo que batizamos de experts. A maioria partiu do nível zero de relevância e conseguiu ganhar destaque em segmentos interessados em iPad, handebol, arte abstrata, meio-ambiente, política regional ou qualquer outro assunto. Apenas dois em cada dez jornalistas atuam assim no Twitter. É dessa maneira que eles abrem vantagem enorme sobre a grande base da pirâmide, que se restringe a falar de amenidades de seu próprio cotidiano.