Interpretações, previsões, comparações, sentenças: tudo isso faz parte do cotidiano de qualquer setor. Na comunicação, não poderia ser diferente. Especialmente neste momento de mudanças constantes e profundas. Em linhas gerais, o trabalho do profissional de comunicação, seja o repórter de jornal, o âncora de televisão ou o assessor de comunicação, mudou substancialmente depois da popularização da internet.

Será que as redes sociais vão substituir o jornalismo? Será que os impressos vão acabar? O Facebook já começou a decair? Os assessores de comunicação terão de levar a mensagem de suas marcas ao público final sem intermediários? Afinal, os blogs, tão populares nas empresas americanas, são mesmo preteridos pelas empresas brasileiras?

Chamamos de ‘crenças’ estes e outros questionamentos que tenho ouvido no contato com profissionais em cursos, palestras, webinars e consultorias. Levantamos dez questões desse tipo e as levamos a 700 profissionais de comunicação do Brasil. Cada slide neste ebook apresenta o resultado de uma dessas crenças.

Usaremos o resultado desta pesquisa como base do conteúdo de webinars gratuitos e, ainda, de nosso evento anual, o Content Marketing Brasil, que será realizado em setembro de 2014, em São Paulo.

Conheça agora o que pensam os profissionais de comunicação brasileiros e compare os resultados deste estudo às suas impressões e opiniões.

Tópicos

  • Introdução
  • Crenças testadas
    • “O Facebook está entrando em fase de declínio.”
    • “Redações são dependentes do material produzido por assessoria de imprensa.”
    • “Assessoria de imprensa não é mais a principal atividade na comunicação empresarial.”
    • “Toda empresa precisa apenas de uma boa fan page no Facebook. Isso basta.”
    • “Blog corporativo não pegou no Brasil.”
    • “As mídias sociais estão substituindo os veículos de comunicação.”
    • “Um assessor de imprensa eficiente envia seus releases por e-mail para uma grande quantidade de jornalistas.”
    • “Empresas precisam produzir conteúdo útil.”
    • “O meio impresso morreu.”
    • “Jovens agências digitais entendem de novas mídias, mas não de comunicação.”
  • Sobre este estudo
  • Sobre a Tracto

Ficha técnica

Autor: Cassio Politi.
Publicação: fevereiro de 2014.

Baixe agora o ebook
Tamanho: 14 páginas (3,1 MB — é bem leve)