Youtility: aplicativo ajuda paciente a tomar remédios e a reportar sintomas

A rotina padrão de um paciente inclui visitar o médico, receber uma lista de remédios para tomar em determinados horários. Ele precisa, ainda, reportar sintomas para ajudar no diagnóstico. Na teoria, é simples assim. Na prática, o paciente corre o risco de por qualquer razão não cumprir os horários estabelecidos. E ainda é traído pela memória quando o médico pergunta sobre os sintomas.

Profissionais de tecnologia de Baltimore, nos Estados Unidos, criaram o aplicativo miDOT para resolver o problema. O funcionamento é bem simples. O paciente dá feedback para o médico gravando vídeo de seu smartphone no momento em que toma o remédio. Ele pode, ainda, reportar sintomas e enviar comentários.

Aplicativo miDOT (gif animado)

O médico, por sua vez, usa o aplicativo para se assegurar de que os pacientes estejam tomando os remédios regularmente.

Youtility
O exemplo se enquadra no conceito de Youtility, cada vez mais forte em content marketing, que prevê que marcas e empresas sejam capazes não apenas de instruir o seu público, mas de resolver problemas dele. Em português, o conceito pode ser traduzido para marca útil.

O aplicativo foi desenvolvido pela Emocha Mobile Health Inc’s, empresa de tecnologia da informação especializada na área de medicina e saúde.∞