Um pouco da história e do papel do blog corporativo

Blog corporativo é a espinha dorsal de um bom plano de content marketing. Além dos benefícios de posicionamento da marca, proximidade do público e ganho de relevância nos resultados de buscas do Google, serve como orientação para a linha editorial adotada nos demais canais.

Os blogs nasceram e se estabeleceram com propósitos pessoais. Em dezembro de 1997, o especialista em tecnologia da informação Jorn Barger criou o termo weblog, que significa registro na web. Dois anos mais tarde, Peter Merholz, que atualizava seu diário online chamado Peterme.com, decidiu fazer uma brincadeira com o nome. Ele quebrou o termo em we blog. Assim surgiu o termoblog, que se popularizaria nos anos seguintes por todo o mundo.

Em 1999, foi criado o serviço blogger.com, que quatro anos depois seria comprado pelo Google. Em 2006, havia 50 milhões de blogs no mundo todo. Em 2012, o número saltou para perto de 160 milhões, embora o índice médio de atualização seja de cerca de 45%. Isso significa que mais da metade das pessoas abandona seus blogs em algum momento.

A popularidade do Blogger só é comparável à do WordPress, que, por ser uma ferramenta de código aberto, atraiu desenvolvedores e hoje beira os 60 milhões de usuários.

Em 2012, calcula-se que haja 31 milhões de blogueiros nos Estados Unidos. Uma pesquisa do Blogging.org mostrou que 8% conseguem sustentar suas famílias com a receita que conseguem obter com seus blogs. Isso resulta em aproximadamente 2,5 milhões de pessoas.

Content marketing
Muitas empresas entenderam as vantagens do blog: é flexível em formato e linguagem. A linha editorial dos posts é livre. Permite colocar em prática a ideia de que, para formar audiência, o conteúdo deve ser útil. Para isso, compartilha-se conhecimento. Não se faz oferta de seus produtos e serviços. Por causa dessas vantagens,  seis em cada dez companhias americanas mantêm um blog corporativo.

Nesse aspecto, as empresas dos Estados Unidos estão muito à frente das brasileiras, que na quase totalidade dos casos criam seus blogs, mas não inovam na linguagem. Publicam nele textos que noticiam a própria empresa em vez de tornar o conteúdo útil para as pessoas.

É comum haver uma preocupação excessiva com aspectos visuais, dedicando pouca atenção ao conteúdo. De fato, alguns conseguem ser visualmente atraentes. Um exemplo é o blog doSquarespace, que prima pela boa combinação de cores e distribuição dos elementos. Mas apenas um layout impactante não basta. É necessário que o conteúdo seja útil para os leitores.∞

Cassio Politi é fundador da Tracto e do All Metrics. Foi em 2016 palestrante do Content Marketing World, o principal evento do tema no mundo, em Cleveland, nos Estados Unidos. Nesse mesmo ano, foi apontado pela Traackr como o 9º mais influente profissional de marketing de conteúdo da América Latina. E aparece na lista dos 50 mais influentes do mundo publicada pelo Top Blogger.

Foi eleito o profissional de content marketing do ano pela Digitalks em 2015. É desde 2014 o único sul-americano a compor o seleto júri do Content Marketing Awards. É autor do livro Content Marketing - O Conteúdo que Gera Resultados, publicado em 2013. Presta consultoria para grandes empresas brasileiras e multinacionais. Já conduziu palestras, treinamentos in company e cursos abertos em 25 estados.

→ Siga no Twitter: @tractoBR.
→ Leia os artigos de Cassio Politi na Tracto.
→ Veja o perfil completo de Cassio Politi.
Métricas de Mídias Sociais, Content e Inbound Marketing | Master Class | 9 de dezembro | São Paulo Saiba mais
Content Marketing Brasil: conteúdo incrível, online e gratuito! Inscreva-se