Sete mentiras sobre content marketing

Conteúdo é um grande gerador de receita. Quando compartilhar conhecimento se torna uma cultura corporativa, o relacionamento com o público se intensifica e os resultados surgem. Mas cuidado: há confusão de conceitos e expectativas exageradas. Listo sete delas a seguir.

1. Os resultados vêm rapidamente
Não é bem assim. O processo de fomento e relacionamento com uma base de pessoas interessadas em seu conhecimento é lento. O ritmo depende da natureza de cada empresa. Para algumas, os resultados virão em três ou quatro meses. Para outras, será preciso esperar um ano ou mais.

2. Newsletter e e-mail marketing são sinônimos de SPAM
Comunicação por e-mail ainda é a forma mais eficaz de geração de vendas. Isso se consegue com a formação de um mailing segmentado e interessado em seu conteúdo, formado legitimamente, o que é diferente de SPAM (mensagens indesejadas). Não negligencie a formação do mailing e use programas profissionais de disparo de e-mails.

3. Redes sociais são a base do content marketing
O método de content marketing segue cinco passos: definição de objetivos, conhecimento do público-alvo, produção de conteúdo relevante, táticas de distribuição e mensuração de resultados. Redes sociais são uma das táticas da quarta etapa. Não são as mais eficientes, mas são uma opção popular.

4. Não é possível medir retorno financeiro
Content marketing tem como principal finalidade proporcionar retorno financeiro. Se não gerar, tem algo errado. Portanto, medir o ROI (retorno sobre investimento) não é apenas possível como é também necessário.

5. Content marketing e branded content são a mesma coisa
Branded content, ou conteúdo de marca, é um elemento do content marketing. É a criação de conteúdo assinado por uma marca. Mas não abrange as outras quatro etapas citadas no item 3 deste artigo.

6. Content marketing é de graça
Ok, convenhamos, content marketing é mais barato do que a mídia tradicional. Mas não é de graça. Produzir conteúdo de qualidade custa dinheiro. O valor depende do volume e do formato escolhido.

7. Basta relacionar-se com o público que os resultados virão
Relacionamento é a base, sim, mas é preciso ter conversão. Portanto, conteúdo apenas não basta. É preciso haver um plano de marketing aliado ― e isso envolve ofertas comerciais.∞

Métricas de Mídias Sociais, Content e Inbound Marketing | Master Class | 9 de dezembro | São Paulo Saiba mais
Content Marketing Brasil: conteúdo incrível, online e gratuito! Inscreva-se