Sete etapas para criar uma estratégia de conteúdo

Eliseu Barreira Junior, do Scup, no Content Marketing Brasil, da Tracto

Em uma das apresentações mais elogiadas pelo público do Content Marketing Brasil, realizado em São Paulo na última sexta-feira (29), o jornalista e community manager do Scup, Eliseu Barreira Júnior, compartilhou a experiência da empresa para aproximar usuários da ferramenta por meio de conteúdo relevante voltado aos profissionais de mídia social.

1. Pense como um publisher em primeiro lugar. Isso significa valorizar os preceitos jornalísticos em vez de valorizar apenas a marca, o produto ou o serviço. Esse é um dos maiores desafios, segundo Eliseu: convencer a empresa de que “ninguém está interessado em seu próprio umbigo”.

2. Adote o conteúdo como primeira estratégia para geração de leads. Apesar de as estratégias de marketing tradicionais oferecerem resultados, a empresa não os considerava suficientes para que potenciais clientes pudessem chegar ao topo do “funil de vendas”. Assim, a prioridade passa a ser a produção de conteúdo.

3. Crie um departamento focado em produção de conteúdo. A execução adequada dos primeiros passos depende de uma equipe comprometida com os valores da organização. Trata-se de mais um grande desafio: organizações pequenas ou órgãos públicos podem encontrar mais obstáculos para implantar sua estrutura de redação.

4. Ofereça um mix: toda estratégia de conteúdo precisa ser variada. Para cada intenção, há uma forma de apresentar a informação: artigos, guias, entrevistas, vídeos, e-books, pesquisas, webinars, infográficos. Conteúdos originais, criativos e, principalmente, fáceis de compartilhar.

5. Crie um espaço único para reunir suas iniciativas de conteúdo. Este foi um aprendizado para Eliseu e seu time: inicialmente, o Scup apresentava áreas distintas para cada formato ou assunto. Ao agregar todo o material em um único lugar, o Scup Ideas ainda valoriza seu acervo.

6. Invista em divulgação, SEO, anúncios e distribuição. Otimizar o repositório informativo para mecanismos de busca, adotar estratégias de publicidade (como Google Adwords e Facebook Ads), estabelecer parceria com outros veículos e estimular o boca a boca — lembre:se: todo conteúdo deve ser compartilhável.

7. Mensure resultados e transforme dados em inteligência. O esforço só faz sentido com uma análise periódica a partir do objetivo principal: aproximar novos clientes. No caso do Scup, a produção de conteúdo é responsável por 60% dos novos leads, bem como 25% dos trials feitos mensalmente.∞


André Rosa é jornalista, pesquisador e professor em cursos livres, de graduação e pós graduação, sempre procurando promover o encontro entre a comunicação e a tecnologia. Seu blog tem 10 anos de vida. Twitter: @andremarmota.

→ Veja todos os artigos de André Rosa na Tracto.
 

Métricas de Mídias Sociais, Content e Inbound Marketing | Master Class | 9 de dezembro | São Paulo Saiba mais
Content Marketing Brasil: conteúdo incrível, online e gratuito! Inscreva-se