Redes Sociais nas Empresas Brasileiras 2015

Coletamos informações e percepções de 895 profissionais de comunicação do Brasil e comparamos os resultados deste estudo à edição de 2013 da mesma pesquisa. As principais conclusões:

  1. O Facebook segue disparado como a mais popular plataforma social entre as empresas, mantendo os 97% de penetração registrados na edição passada.
  2. A percepção de importância do Facebook permeia todos os perfis de empresa. LinkedIn tem relevância especial nas empresas B2B; Instagram, nas B2C; e Twitter, nos órgãos públicos.
  3. Em dois anos, houve crescimento enorme de adoção e de percepção de importância das plataformas de vídeo, como YouTube e Vimeo.
  4. Valoriza-se mais o conjunto de indicadores relevantes para a marca — como brand equity e geração de leads —, e não apenas o de métricas específicas de comunicação.
  5. 75% das empresas apresentam algum tipo de relatório de resultados de redes sociais. Entre as agências, o percentual é maior (91%) e entre órgãos públicos, menor (67%).
  6. O número de empresas que investe em publicidade ou promoção de conteúdo em redes sociais subiu de 41% para 49%.
  7. Ferramentas de disparo de e-mails, agendamento de posts e monitoramento de redes sociais são as mais contratadas. Mailing de imprensa ocupa apenas o quarto lugar.

Ficha técnica
:: Autoria da pesquisa: André Rosa e Cassio Politi (Tracto).
:: Amostra: 895 respondentes.
:: Publicação do relatório de 3/6/2014.
:: Formato do arquivo para download: PDF.

Download gratuito