Ivan Moré: um tuíte infeliz que arranha a imagem

Você acompanhou o caso envolvendo o Ivan Moré no Twitter nesta semana? Aconteceu o seguinte: um tuíte infeliz obrigou o repórter e apresentador da TV Globo a pedir desculpas no microblog.

No jogo de futebol entre Atlético Mineiro e Arsenal, da Argentina, disputado em Belo Horizonte na noite de quarta-feira (3), pela Copa Libertadores da América, houve uma grande briga em campo. Jogadores argentinos trocaram agressões com policiais militares e por isso foram levados à delegacia. O jornalista, então, publicou o seguinte tuíte na conta @ivan_more:

Argentino derrotado, levando borrachada e ainda no final preso: mundo perfeito!

Esta imagem é uma reprodução do tuíte. Não é, portanto, o print do original. Mas o texto, este sim, é fiel ao original.

As reações foram imediatas. O ex-tenista Fernando Meligeni, que nasceu na Argentina e se mudou para o Brasil aos quatro anos de idade, foi um dos incomodados.

Fernando Meligeni reage ao tuíte de Ivan Moré

Embora alguns usuários tenham apoiado o jornalista, entendendo se tratar de um posicionamento comum entre torcedores no mundo do futebol, a maioria ficou indignada.

Reações ao tuíte de Ivan Moré sobre os argentinos

 Na manhã de quinta-feira (4), dia seguinte ao jogo, Ivan Moré reconheceu o erro e pediu desculpas.

Ivan Moré pede desculpas pelo tuíte contra argentinos

Mais tarde, ele optou por apagar todos os tuítes ― inclusive os pedidos de desculpas.

Podcast
Na tarde que antecedeu essa sequência de episódios, havíamos gravado (André Rosa e eu) um podcast abordando justamente a conduta pessoal dentro e fora das redes sociais. Nosso convidado foi um especialista no assunto: Hegel Vieira, co-autor do livro Etiqueta 3.0 – Você On-line & Off-line e sócio-diretor de planejamento da HA! Inteligência e Comunicação Digital.

Uma colocação feita por Hegel tem a ver com o tipo de episódio que horas mais tarde envolveria o jornalista da TV Globo:

“As pessoas não percebem que as redes sociais são plataformas que amplificam o que você diz. A mensagem é multiplicada 273 vezes, que é a média de seguidores que um perfil tem. Se você pisar na bola, sua imagem fica completamente arranhada.”

O podcast pode ser ouvido por meio do player abaixo ou na página da Tracto no SoundCloud. O áudio aborda não apenas questões comportamentais, mas diversos outros tópicos envolvendo as redes sociais.

Webinar
O tema voltará a ser abordado de forma um pouco mais aprofundada num evento online gratuito que será realizado no dia 11 de abril. Trata-se do webinar Etiqueta 3.0 – você on-line e off-line, ministrado pelo próprio Hegel Vieira.∞

Cassio Politi é fundador da Tracto e do All Metrics. Foi em 2016 palestrante do Content Marketing World, o principal evento do tema no mundo, em Cleveland, nos Estados Unidos. Nesse mesmo ano, foi apontado pela Traackr como o 9º mais influente profissional de marketing de conteúdo da América Latina. E aparece na lista dos 50 mais influentes do mundo publicada pelo Top Blogger.

Foi eleito o profissional de content marketing do ano pela Digitalks em 2015. É desde 2014 o único sul-americano a compor o seleto júri do Content Marketing Awards. É autor do livro Content Marketing - O Conteúdo que Gera Resultados, publicado em 2013. Presta consultoria para grandes empresas brasileiras e multinacionais. Já conduziu palestras, treinamentos in company e cursos abertos em 25 estados.

→ Siga no Twitter: @tractoBR.
→ Leia os artigos de Cassio Politi na Tracto.
→ Veja o perfil completo de Cassio Politi.