E-book apresenta melhores práticas de redes sociais para órgãos públicos

Quais são os objetivos de uma instituição pública ao decidir criar perfis em sites de relacionamento? Devo elaborar políticas claras e regras de conduta? Como decidir o tom do discurso, as linguagens adotadas e os canais de compartilhamento? Respostas para questões como estas podem ser encontradas em dezenas de manuais, normas, entre outros documentos elaborados para colaboradores de órgãos públicos.

Com o intuito de encontrar as práticas mais comuns, organizamos aqui, na Tracto, o conteúdo de 44 documentos, ligados a instituições de oito países. O resultado é o e-book “Redes Sociais para Órgãos Públicos”, que pode ser baixado gratuitamente.

Para marcar o lançamento do e-book, realizamos nesta sexta-feira (27) uma segunda edição do webinar “O que dizem os manuais de redes sociais para órgãos públicos”, detalhando os 13 tópicos que compõem o material.

Conheça as 13 anotações comuns aos manuais consultados


André Rosa e Cassio Politi são constituem a espinha dorsal do conteúdo da Tracto. Trabalham juntos desde 2003. Desde então, estiveram juntos em atividades de treinamento e consultoria em Revista Imprensa, Comunique-se e, desde 2011, Tracto. André é professor universitário e doutorando em Comunicação pela Metodista. Cassio é autor do livro Content Marketing - O Conteúdo que Gera Resultados e é o único jurado brasileiro do Content Marketing Awards, principal prêmio do mundo relacionado a essa atividade.

André Rosa
Twitter: @andremarmota.
Veja seus artigos na Tracto.
Cassio Politi
Twitter: @tractoBR.
Veja seus artigos na Tracto.

Métricas de Mídias Sociais, Content e Inbound Marketing | Master Class | 9 de dezembro | São Paulo Saiba mais
Content Marketing Brasil: conteúdo incrível, online e gratuito! Inscreva-se