Conteúdo amador demais depõe contra a marca – case Ajinomoto

Satis no YouTube

Clique na imagem e veja os vídeos

A Ajinomoto fez uma série de dez vídeos para ensinar receitas com o produto de uma de suas marcas, o molho Shoyu Satis. Receitas são um caminho natural para qualquer marca de alimento e acho interessante explorá-las, mas é preciso fazer isso de uma forma atraente para o consumidor e esses vídeos da Ajinomoto são extremamente monótonos.

Começa pela pouca produção do vídeo, dando a impressão de algo bem amador. O formato de narração em off sempre no mesmo tom também deixa tudo desinteressante.

O que mais me chama atenção nesse caso da Ajinomoto é a falta de cuidado com a apresentação visual da marca. Além do vídeo muito home made, o site parece feito de figuras de Clip-art.

Outra coisa que pega mal é a marca usar uma linguagem década de 70 para descrever o produto (“O molho shoyu perfeito para os pratos do dia a dia”) e fazer a chamada dos vídeos com muito adjetivo e pouca precisão: “bifes acebolados deliciosos”, “assados brilhantes e saborosos”, “bolinhos muito originais”. O consumidor já superou há tempos essa fase. Agora as marcas precisam mostrar a que vieram e não só chamar, como segurar a atenção.


Ana Carolina Barbosa (@ana2302) é sócia e diretora criativa da Cabrun! (@cabrunconteudos), agência de content marketing especializada em conectar marcas e pessoas por meio da gestão de conteúdos. É jornalista, especialista em mídias institucionais e em branding. Tem expertise no mercado de mídia e entretenimento, tendo atuado em publicações voltadas para o mercado audiovisual.

→ Veja todos os artigos de Ana Carolina Barbosa na Tracto.
 

Métricas de Mídias Sociais, Content e Inbound Marketing | Master Class | 9 de dezembro | São Paulo Saiba mais
Content Marketing Brasil: conteúdo incrível, online e gratuito! Inscreva-se