Brasil é o país que mais faz SPAM no mundo

Listas negras de e-mail são mecanismos simples, que servem para identificar quem envia SPAM, as famosas mensagens indesejadas. Domínios de site e IPs são cadastrados nas black lists, que permitem que qualquer um consulte seus registros. Algumas são gratuitas, outras não.

O site Return Path criou o infográfico abaixo, que traz uma série de dados a respeito da prática do SPAM. Algumas conclusões chamam a atenção:

  • De cada 10 endereços de IP brasileiros, oito são listados em black lists pelo menos uma vez, o que nos torna o país com mais SPAM no mundo. Em outros países, esse índice dificilmente passa de 20%.
  • Existem 13 grandes serviços de listas de e-mails. O Gmail, o serviço de e-mails do Google, usa seis deles.
  • No período de festas de fim de ano, aumenta o índice de cadastro de spammers. A provável causa dessa sazonalidade é aumento do volume de promoções de Natal.
  • A maior parte dos serviços cai em lista negra às quartas-feiras.

Eis o infográfico (em inglês):

Brasil é o país que mais faz SPAM no mundo - infográfico by Return Path

O estudo do Return Path se baseia na análise de 20 mil cadastros em lista negra entre setembro de 2013 e janeiro de 2014.∞

Métricas de Mídias Sociais, Content e Inbound Marketing | Master Class | 9 de dezembro | São Paulo Saiba mais
Content Marketing Brasil: conteúdo incrível, online e gratuito! Inscreva-se