Home Mercado Previsões anuais As 15 previsões dos americanos para o content marketing em 2017

As 15 previsões dos americanos para o content marketing em 2017

4 min de leitura

As 15 previsões dos americanos para o content marketing em 2017Como será 2017 para o content marketing? Para responder, consultamos seis referências dos Estados Unidos, que anualmente fazem suas previsões para o ano que começa, e compilamos suas apostas. Como de praxe, daqui a 12 meses verificaremos se estavam certas ou erradas, exatamente como fizemos com as previsões do ano passado. Eis as 15 previsões para 2017:

1. Figital
Novos formatos e canais de conteúdo serão criados. As empresas vão atuar mais no mundo “figital” (físico + digital). Por exemplo, mais marcas vão lançar revistas impressas.

2. Foco apurado
As empresas buscarão segmentos cada vez mais específicos e nichos, utilizando ferramentas de automação de marketing para alcançar essas audiências.

3. Vídeo
Vídeo será coroado como o rei do conteúdo. Vídeos curtos ganharão espaço, especialmente em plataformas sociais, assim como vídeos ao vivo feitos por marcas. Mas há um alerta: para construir posicionamento e credibilidade, conteúdos mais extensos ainda serão mais eficientes.

4. Anúncios
Os números do content marketing vão ultrapassar a propaganda tradicional.

5. Marketing de influência
Marcas vão intensificar a aquisição de outras empresas, incluindo sites de mídia e blogs de influenciadores, com o objetivo de criar suas próprias mídias, compartilhando suas próprias crenças e seus pontos de vista.

6. In house
Em função do tópico anterior, agências perderão espaço e terão de se reinventar. As empresas vão preferir ter as próprias equipes de conteúdo para garantir a autenticidade do que publicam.

7. Assinatura
As empresas de mídia tradicional, por sua vez, vão aderir cada vez mais ao modelo de assinatura paga. Profissionais de content marketing vão intensificar o uso de meios pagos para distribuir conteúdo.

8. Tecnologia
A tecnologia ganhará importância em content marketing, intensificando a ascensão de conceitos como conteúdo inteligente, realidade virtual, realidade aumentada e inteligência artificial.

9. Não-ficção
Storytelling terá cada vez mais peso, mas com um alerta: as gerações mais jovens demandarão conteúdo não-ficcional. Querem histórias reais. Isso obrigará as marcas a abraçar a cultura do “não me conte, me mostre”.

10. Retorno sobre o investimento
A demanda por resultados reais, que gerem retorno sobre o investimento (ROI) mensurável, provocará o apocalipse do content marketing em muitas marcas.

11. Supremacia
Facebook e Google continuarão a dominar os budgets entre as plataformas digitais. Os demais continuarão a encolher.

12. Personas
O conceito de buyer personas vai começar a morrer. As empresas vão buscar a personalização efetiva do conteúdo.

13. Dispositivos móveis
O conceito de mobile first continuará crescendo, mas isso não se refletirá, pelo menos por enquanto, em receitas.

14. Native ads
As empresas vão começar a abandonar o native advertising.

15. Podcasts
Podcasts ganharão ainda mais força, especialmente aqueles voltados para as gerações mais jovens, como os millennials.

Fontes consultadas

André Rosa e Cassio Politi são grandes amigos e constituem a espinha dorsal do conteúdo da Tracto. Divergem em muitos pontos de vista – e se divertem com isso. Só convergem na escolha do restaurante: comida japonesa, pizza ou uma boa churrascada são as escolhas conjuntas mais frequentes.

Ambos se formaram em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero no final dos anos 90 e foram estagiários do jornal A Gazeta Esportiva no mesmo período. Mas tiveram contato apenas superficial naquela época. Em 2003, uniram forças nos cursos livres da Revista Imprensa. De lá, migraram juntos para o Comunique-se, onde comandaram a Escola de Comunicação, e depois vieram para a Tracto. Já ministraram cursos em 25 estados brasileiros.

André é professor universitário e doutorando em Comunicação pela Metodista. Cassio é autor do livro Content Marketing - O Conteúdo que Gera Resultados e é o único jurado brasileiro do Content Marketing Awards, principal prêmio do mundo relacionado a essa atividade. Desde 2012, conduzem juntos webinars da Tracto. Em 2015, passaram a fazer juntos o Podcast Content Marketing.

André Rosa
Twitter: @andremarmota.
Veja seus artigos na Tracto.
Cassio Politi
Twitter: @tractoBR.
Veja seus artigos na Tracto.
Veja mais posts em Previsões anuais
Você tem autorização para republicar este post em seu site. As condições indispensáveis para isso são: (1) Dar o devido crédito para a Tracto; (2) Criar um link de seu site para este post.

Post relacionado

Por que nem toda empresa deve adotar content marketing?

Ouça por que content marketing não serve para todas as empresas. Basta clicar no player ac…