As pessoas não confiam naquilo que as empresas publicam

As pessoas não confiam — ou confiam muito pouco — naquilo que empresas e marcas publicam. Nas redes sociais, o grau de confiabilidade é ainda mais baixo do que em outros meios de comunicação online.

As informações são de uma pesquisa realizada pela Forrester e publicado pelo FutureLab, que registrou  opiniões de consumidores online na Europa e nos Estados Unidos. A amostra é bem grande. Foram colhidas respostas de 20.788 europeu e 63.703 americanos.

Os participantes da pesquisa foram convidados a informar se confiam ou não em cada tipo de conteúdo. A classificação obedeceu a uma escala de 1 a 5, onde 5 representava a confiança máxima. O gráfico abaixo mostra o percentual de pessoas que atribuíram nota 4 ou 5 a cada tipo de canal ou tática.

As pessoas não confiam naquilo que as empresas publicam

Em diversos aspectos, os dados coincidem com um recente estudo do Influence Digital Report 2013, que aponta sites e blogs como os grandes influenciadores nas decisões de compra.∞

Métricas de Mídias Sociais, Content e Inbound Marketing | Master Class | 9 de dezembro | São Paulo Saiba mais
Content Marketing Brasil: conteúdo incrível, online e gratuito! Inscreva-se