A diferença entre propaganda e content marketing

Joe Pulizzi - Columbus 2012

Joe Pulizzi

O princípio básico de content marketing é a geração de conteúdo com foco na geração de resultados — como aumento de vendas, retenção de clientes, força da marca etc.

É nesse ponto que content marketing pode ser confundido com campanha publicitária. Afinal, a lógica é a mesma.

O que nos confunde ainda mais é o fato de muitos cases de content marketing terem perfil mais próximo de publicidade do que de conteúdo propriamente dito.

Afinal, content marketing é compartilhamento de conhecimento, propaganda ou ambos? Fiz essa a pergunta a Joe Pulizzi, fundador e CEO do Content Marketing Institute, dos Estados Unidos, e autor de três dos principais livros sobre o tema.

Veja a seguir a resposta dele e, mais abaixo, o vídeo (legendado).

“Se você analisar algumas propagandas que existem, há muitas que contam histórias. Mas isso não significa que são content marketing.

Quando um vídeo ganha efeito viral ou um anúncio está na televisão e também online, acho fantástico. Como profissionais de content marketing, não somos contra o uso de propaganda de forma alguma.

Mas um dos pilares de content marketing diz respeito a consistência. Se nos vemos como publishers e como empresas de mídia, temos de ter certeza da consistência da mensagem que queremos criar.

Não queremos ver content marketing como uma campanha. Se você enxerga content marketing como uma campanha, significa que haverá uma data de encerramento.

E se há uma data de encerramento, não se trata de uma abordagem de content marketing para o seu negócio porque o que queremos no longo prazo é nos tornarmos os experts, líderes em informação, para nossos consumidores. Para fazer isso, é preciso gerar conteúdo todo dia, ou toda semana, ou todo mês, ou qualquer que seja a periodicidade.

Então, eu diria que, sim, há espaço para propaganda. E, quando a propaganda é inteligente, não é content marketing, mas funciona muito bem.

No entanto, para content marketing, temos de ter uma abordagem consistente de distribuição do conteúdo por qualquer que seja o canal, e não apenas encarar tudo isso como propaganda.

Eu diria, ainda, que você pode adotar content marketing e conseguir mais audiência por meio de propaganda. Esta é uma abordagem interessante. Mas eu não diria que propaganda é necessariamente content marketing.”

Acompanhe abaixo a conversa, gravada por Skype.∞

Cassio Politi é fundador da Tracto e do All Metrics. Foi em 2016 palestrante do Content Marketing World, o principal evento do tema no mundo, em Cleveland, nos Estados Unidos. Nesse mesmo ano, foi apontado pela Traackr como o 9º mais influente profissional de marketing de conteúdo da América Latina. E aparece na lista dos 50 mais influentes do mundo publicada pelo Top Blogger.

Foi eleito o profissional de content marketing do ano pela Digitalks em 2015. É desde 2014 o único sul-americano a compor o seleto júri do Content Marketing Awards. É autor do livro Content Marketing - O Conteúdo que Gera Resultados, publicado em 2013. Presta consultoria para grandes empresas brasileiras e multinacionais. Já conduziu palestras, treinamentos in company e cursos abertos em 25 estados.

→ Siga no Twitter: @tractoBR.
→ Leia os artigos de Cassio Politi na Tracto.
→ Veja o perfil completo de Cassio Politi.